Atividade grupo
Qua, 20/08/2014 - 18:14
Olá...

Gostava de conhecer pessoas com este problema, uma vez que lidar com isto é uma luta constante e muito pouco compreendida pelos familiares. Um dos meus problemas maiores é conseguir trabalho...
Comentar
mostrar comentários (16)
esconder comentários (16)
Qua, 20/08/2014 - 23:39
Que idade tens? Eu tenho 49 anos, soube que tinha TPB aos 45 e desde entao tem sido dificil conseguir trabalho tambem.
Qui, 21/08/2014 - 14:15
tenho 25 anos. Sempre que consigo um novo trabalho, há algo que me perturba e me faz recusar continuar. Não tenho explicação, e os meus pais acham imaturidade minha, todo este problema. Fui diagnosticada à um ano.
Qui, 21/08/2014 - 18:05
Olá, eles sabem o que é TPB e o tratamento que se pode fazer? Já é bom terem te descoberto o tpb tao cedo, assim podes começar já a trabalhar nisso, quem me dera que tivesse sido assim comigo!? Com essa idade já eu tinha um filho e depois uns anos tive outro, que foram vitimas duma mãe border. Eu ía ao médico e ele dizia que eu estava é com depressao e receitava me anti-depressivos e assim fui tomando os quimicos uma vida inteira, sempre a procurar psiquiatras mas nunca me descobriram o que eu relamente tinha, nunca me aconselharam uma terapia, porque é isso que é fundamental para os borders, sem ela nada feito.
Em relação ao recusar continuar o novo trabalho, tem a ver com o fato de te sentires diferente das outras pessoas, talvês, não sei, comigo era assim, embora hoje já saiba lidar melhor com esse sentimento, penso que nos sentimos muito inseguras,!?
Qui, 21/08/2014 - 18:15
Ola eu comecei com depressões aos vinte e poucos anos, ia tendo fazes bastante depressivas outras em que me sentia muito bem até que ha cerca de sete anos os altos e baixos passaram a ser muito regulares, como tenhor muito mais depressões que fases boas, nunca fui presa, não consumi drogas... o médico não me dá a certeza de um diagnóstico de bipolaridade mas diz com toda a certeza que tenho transtorno boderline de ansiedade.
Ha quase um ano que não consigo trabalhar pois a percepção que tenho do mundo é sempre negativa...
Qui, 21/08/2014 - 18:18
e ele não te aconselha terapia?
Qui, 21/08/2014 - 18:23
Eu já cheguei a contar aos meus pais que o que tenho tem nome e não é imaturidade. No entanto continuam a colocar de lado tudo isso, como se fosse tudo da minha cabeça, não me apoiam, acho que só pioram o meu problema sem se darem conta. Não sabem lidar com nada, comigo. eu não me sinto adaptada a nada, parece que não aguento nada. E os meus pais teimam em dizer que sou é mimada, porque sempre tive tudo. Mas sabemos que não é verdade...posso ser jovem, mas acho mesmo que não é imaturidade, e a minha psicóloga vai tentar falar com eles em breve.
Qui, 21/08/2014 - 18:27
Eu tambem tinha essa perceçao negativa do mundo, das coisas, das pessoas e, de certa forma ainda tenho. Tenho que lutar contra esse sentimento todos os dias e a terapia com um terapeuta adequado ajuda me muito. Alem disso estive numa clinica de recuperação há 4 anos, foi lá que descobriram que eu era border, fiz um tratamento quase de um ano e estive nessa clinica durante 6 meses, foi a minha salvação, nasci de novo. Hoje em dia sei me defender muio melhor de todas as caracteristicas do nosso transtorno.
Qui, 21/08/2014 - 18:31
que bom. eu acho que também me ia fazer bem ficar um tempo numa clínica, porque não sei lidar com as coisas emocionalmente. fico feliz por si, ao menos alguém recebeu uma ajuda que teve frutos/efeitos positivos.
Qui, 21/08/2014 - 18:34
Pois, os pais nunca querem assumir a responsabilidade, com certeza que eles sabem as causas e nao querem querer, essa ainda é pior parte, não basta uma pessoa ser border, pois foram eles que fizeram de nós o que somos e depois ainda nos temos que defender deles!? Os meus pais sempre disseram que eu era maluca e a minha mae ainda o diz. É importante que a psicóloga explique aos teus pais que tu és border, o porquê e que tu és diferente, e que eles deveriam lidar contigo duma forma diferente.
Qui, 21/08/2014 - 18:50
sim, acho que vai ser bom, pk eles querem que eu trabalhe ( e eu também quero trabalhar e esforço-me) mas vou começar terapia de grupo, que é todas as semanas uma vez à tarde, e já estão a colocar problemas, porque tenho é de ir trabalhar. percebe? eles não entendem a gravidade e o sofrimento que passo...Acham que se resolve com ocupações, e não basta isso. Os meus pais não têm toda a responsabilidade, está bem que não souberam lidar nunca comigo, mas também não os posso acusar de nada.
Qui, 21/08/2014 - 18:58
Terapia de grupo deve ser bom e são todos borders?!
Qui, 21/08/2014 - 19:00
não, são jovens com diversos problemas, chama-se psicodrama. é como teatro em grupo, com diversas temáticas. Pode ser que me ajude a adaptar-me à sociedade. ^^
Qui, 21/08/2014 - 19:07
Ola, onde fazes esssa terapia de grupo? Deve ser interessante.. eu ja faço terapia há anos... individual, ajuda mas as vezes sinto que nada é eficaz...
Qui, 21/08/2014 - 19:12
aahh, boa ... a mim o que me ajudou foi o programa dos 12 passos, digamos que é o"manual dos AA e NA (Alcoolios anónimos e Narcóticos anónimos). É importante que nós nos aceitemos e de preferência as pessoas que são dependentes de nós ou as que cuidam de nós também. Depois é ter alguém competente com quem possas partilhar o nosso dia-a-dia ...
Sex, 22/08/2014 - 12:02
A minha mae acabou de ver os meus cortes. Passou-se. Disse-me para me matar fora de casa e outras coisas lindas...enfim. tanta vontade de viver neste momento...
Sáb, 30/08/2014 - 12:33
Joana eu tenho mais um ano do que tu e gostava de trocar umas impressões contigo se for possível e quiseres. Sou muito recente neste grupo. Desde ontem apenas. Um beijo