Zumbido muito alto e perda auditiva aumentando gradativamente
Dom, 06/10/2019 - 21:19
Comentar
mostrar comentários (3)
esconder comentários (3)
Dom, 06/10/2019 - 21:42
Amigos, fui diagnosticado com otosclerose em 2017 , de la pra cá minha perda auditiva está cada vez maior, sinto isso pois já está me atrapalhando no dia a dia, ao conversar com as pessoas vejo que quase sempre preciso pedir a pessoa para repetir, outra coisa que tem me incomodado muito é o zumbido, antes era menor, agora ta muito alto, parece que vou ficar doido, o zumbido não para em momento algum,é 24 horas por dia, preciso de ajuda, não aguento mais essa situação, pelo que vi a cirurgia é muito cara e não tenho condições, alguem poderia me orientar sobre bons medicos, remedios para o zumbido, qualquer coisa, ja me ajudaria muito
Dom, 06/10/2019 - 22:59
É exatamente isso que ocorre, infelizmente... o zumbido é decorrente da perda auditiva, então se ela está pior, ele tb aumenta. Comigo foi assim. E como demorei para decidir pela cirurgia, o resultado não foi tão bom como o esperado, e meu zumbido continua! Meu médico falou para tentar aparelhos, mas ainda não quis fazer isso.
Seg, 07/10/2019 - 16:31
Olá,
Vou fazer um breve relato para encorajar quem ainda não fez a cirurgia.
Tenho 45 anos e desde os 32+/- tenho percebido perda na mina audição.
O diagnóstico de Otosclerose (Esclerose Otonal), depois de vários exames, foi dado em 2011 e desde então minha audição só piorou.
Os médicos que eu visitava sempre me diziam para usar aparelhos auditivos, pois era a melhor indicação, até que um deles disse que eu poderia fazer uma cirurgia pra tentar reverter os efeitos da doença.
Durante alguns anos busquei conviver com a doença e só os mais proximos sabiam da existência dela.
passei a evitar contato com algumas pessoas pois não as escutava direito. Sofri com piadas de alguns colegas, outras relevei...até que comprei um aparelho auditivo quase invisível, que eu usava somente nas reuniões do trabalho.
Nunca tive vergonha da minha perda auditiva, mas confesso que poucas pessoas sabiam, somente aquelas que estavam comigo dia a dia no trabalho e minha família.
Em 2016 eu engravidei, fato que piorou bastante minha audição, acordei varias vezes no meio da noite com o zumbido mais forte do que nunca e com as alucinações auditivas, que se resumem a estalos altíssimos.
A gravidez aumentou minha perda bilateral, mas ter um bebê me deu forças para enfrentar a cirurgia.
Realizei minha cirurgia dia 18/08/2017, quando meu bebê estava com 8 meses.
Foi tudo muito tranquilo, da internação ao pós.
Quando acordei da anestesia, estava tudo muito confuso, mas eu ja podia perceber a melhora na minha audição, fui pra casa no mesmo dia, ainda com o tampão. Durante aquela semana, nos tres primeiros dias senti bastante tonturas, mas tirando isso estava tudo maravilhoso, podia ouvir muito bem os barulhinhos típicos de bebê, ouvia a torneira que pingava as vezes, trânsito enlouquecedor.
no sétimo dia fui ao retorno e meu médico retirou uma bola enorme de resíduos da cicatrização. Minha audição ficou mais limpa depois disso e nunca senti que tenha piorado nada depois da cirurgia. O ouvido direito ainda não foi operado, mas a audição do ouvido esquerdo não deixa nada a desejar, recuperei praticamente cem por cento da audição do OE. Estou muito feliz por ter tomado essa decisão.
Então quem ainda não fez, não tenha medo.

Obs: Antes da cirurgia, li que os zumbidos no ouvido são potencializados pela cafeína, deixei de tomar café por uns dias e senti bastante melhora nos zumbidos.