Sentimentos e psicose
Sex, 30/10/2015 - 14:21
Olá a todos e a todas.

Gostaria de receber algum feedback sobre o tema "sentimentos e psicose". Eu sofro de uma espécie de embotamento afectivo, isto é, não sinto, não tenho emoções. Passa-se o mesmo com vocês?

Antes do primeiro surto psicótico, em 2005, passei uma fase de grande violência emocional, em que sentia tudo com muita intensidade. Depois do primeiro surto, deixei simplesmente de sentir. Não consigo chorar, por exemplo.

Obrigada pela atenção.

Cumprimentos

Isabel
Comentar
mostrar comentários (4)
esconder comentários (4)
Sex, 30/10/2015 - 14:35
Isabel , Boa Tarde.
É para dizer que o embotamento ,é característica das pessoas com psicose.
É um facto que as emoções e sentimentos ,ficam diminuídos ,após algum tempo dos primeiros surtos psicóticos.
Eu tenho a mesma sintomatologia que a Isabel ,mas temos de ter alguma paciência até que novos fámacos existam , e que recriem as emoções. Apesar de tudo ,ainda somos pessoas.

Gostei muito de ler a sua mensagem .

Cumprimentos

Dâmaso Ribeiro
Sex, 30/10/2015 - 16:26
Olá Dâmaso,

Muito obrigada pelo seu comentário. Sim, eu sei que é uma característica das pessoas com psicose, só não sei se é de todas ou só de algumas. E haverá alguma coisa a fazer? Algum exercício, alguma coisa que nos permita melhorar neste aspecto?
Gostei muito dessa ideia de esperança de que talvez no futura, através da investigação que vai sendo feita, a nossa vida possa melhorar.
E é verdade, também somos pessoas. Às vezes ouvimos dizer que as pessoas se definem pelo sentimento, pelo facto de terem emoções, e isso deixa-me um pouco triste por ter as emoções diminuídas, mas há outros aspectos que também definem o ser humano.
Obrigada, mais uma vez.
Qui, 03/12/2015 - 11:02
No inicio do meu surto eu nao tinha qualquer tipo de emocao poderiam cair que eu nao tinha qualquer emoçao nem de ir ajudar nao sentia mesmo nada...é a apatia eu nao tinha reacao emocional a nada era estranho ate pensei que estaria a ficar forte por nao sentir nada que levasse me a depresssao nao tinha sentimentos mas agora com o tempo ja estou na normalidade
Qui, 03/12/2015 - 21:20
Olá Maria João,

Eu se alguém cair corro para ajudar, mas o que sinto é que não me envolvo. Sou capaz de sentir uma espécie de empatia mas uma coisa distante, talvez mais racional. Em relação a sentia-me mais forte por não ter tendência à depressão no presente, eu não sei se estou mais forte, uma vez que tenho muitas fobias. Mas entre estar como estou agora, sem sentir, e ter uma depressão, prefiro o meu estado actual. O problema é quando as coisas fogem ao controlo, isto é, quando entro em crise.